Documentário traz de volta a saudosa TV Manchete - Confira o Teaser

sábado, 11 de julho de 2009

SBT E RECORD TUDO A VER!

Desde os primórdios do "sucesso" em audiência da RECORD a crítica televisiva em geral vem comparando a emissora do Bispo com a "gorda redonda", programas extremamente parecidos competindo pela preferência do telespectador em mesmo horário, mas parece que ultimamente os "plim plins" da RECÓPIA vem sendo direcionados para o SBT que com um patrão que não é bobo nem nada usou do mesmo feitiço contra a XEROX da tv brasileira.


Ana Paula Padrão, a incorruptível, Eliana, a filha pródiga, Gugu, o menosprezado, todos forão seduzidos por um contrato mais aberto, salários maiores e a oportunidade de vender mais a própria imagem, a jornalista além da bancada também fará reportagens de rua, RECORD 1X0 SBT, a apresentadora que evoluiu do infantil para a família continua focando na natureza e na ciência, SBT 1X1 RECORD, o até então dono do 'Domingo legal' terá um programa que terá seu nome aos domingos e a promessa de um outro estilo talk show durante a semana, mais um ponto do bispo.

Será que Roberto realmente foi justo ao trocar uma emissora onde o mesmo já havia anunciado mais uma temporada do reallity dos demitidos sob o seu comando? Será que o autor Tiago Santiago fez uma mutação certa dessa vez? essas perguntas só serão respondidas com o tempo, mas o que pode ser dito é que "o dono do baú" passou de engênuo e perdedor para o que aparentemente ganhará mais com esse troca-troca todo.

Parece que o SBT fez um 3X2 contra a RECORD, mas esse jogo em busca da vice-liderança ainda tem muito fôlego, prova disso foi a mudança inesperada de Milena Ceribelli, trocou toda uma história por um reinício que pode não dar certo, o primeiro 'Esporte Fantástico' não chegou nem a incomodar a concorrência. Até porque de esporte se viu muito, às vezes conduzido de maneira arrastada concluiu-se com uma audiência nada FANTÁSTICA.

O SBT sem dúvida foi mais esperto, continuará com seu 'Domingo Legal' e não perderá o já desestimulado Celso Portiolli que dessa vez não levou uma torta na cara, já a Record parece entranhada do clima bucólico da "Fazenda" que é o único produto que consegue chegar realmente aos pés da GLOBO e acha que o BBB rural vai segurar toda sua grade. É... parece que Silvio Santos soube usar muito bem o ditado popular: ''de virada é mais gostoso".
http://4.bp.blogspot.com/_jfWwrj7jrJc/SKowr4n0DkI/AAAAAAAABxE/NA0TIYrabcc/s400/dhrhr.jpgPOR: FERNANDO BORGES

Interligados: Sabe quem são os arqui-inimigos das novelas?

Teste os seus conhecimentos e junte os rivais no nosso jogo!


Confira games de tiro espacial na internet


Polygonal fury

Foto: Reprodução

O objetivo é explodir o máximo possível de objetos utilizando reações em cadeia. Clique com o mouse para explodir as bolinhas. Elas vão criar um raio que atinge e detona outros objetos, sendo que cada um deles tem uma reação diferente. Quadrados se movimentam e triângulos disparam novos tiros.

Jogue 'Polygonal fury'


Space pips

Foto: Reprodução

O visual lembra jogos como 'Geometry wars', e o sistema de jogo é contagiante. Use as teclas A, W, S, D para se movimentar e o mouse para atirar. Fuja dos inimigos, tente coletar itens especiais e seja rápido para conseguir multiplicadores de pontuação.

Jogue 'Space pips'


Retroshoot

Foto: Reprodução

Visual futurista e música eletrônica dão o tom desse 'shooter' quem lembra jogos mais antigos. Basta 'passear' com o mouse pela tela, e a nave se encarrega dos tiros automáticos. Fique atento para pegar todos os itens especiais.

Qual o pior fora que você já levou?

O escritor argelino Grégoire Bouillier terminou por email o namoro com a francesa Sophie Calle. Artista conceitual, ela gravou a reação de 107 mulheres diante do texto e montou uma instalação, que será exposta em São Paulo a partir deste mês. Aproveitamos a ocasião para perguntar a nossas leitoras sobre o modo mais absurdo como elas já foram dispensadas. Prepare-se: as respostas são terríveis


Letra de música
'Meu então ficante era vocalista de uma banda de rock. Em um show, disse que ia cantar uma música inédita. A letra dizia algo do tipo: 'você é superlegal, mas só quero ser seu amigo'. Ele cantou olhando para mim. Imaturo.' Flávia, 27, Santos, SP

Por torpedo
'Estávamos noivos havia dois anos e sete meses. Ele mandou um torpedo brigando comigo e querendo a aliança de volta. Sete dias depois, já estava com outra - e ela ainda me mandou um vídeo dos dois no YouTube.' Ana, 35, Mairiporã, SP

Amor de irmã
'Fui apaixonada por um colega de trabalho durante um ano. Éramos 'amigos', daqueles que vão às mesmas festas e sempre ficam. Depois de uma dessas festas, ele me levou pra casa e, diferentemente das outras vezes, transamos. Perguntei o que ele sentia por mim. 'Amo você como uma irmã.' Preciso falar mais?' Tatyana, 29, São Paulo, SP

Sem a última palavra
'Terminei um namoro de dois anos em um sábado à tarde e, na mesma noite, ele me convenceu a voltar. No domingo, ele ligou, pediu que me acordassem e, quando atendi o telefone, ele disse: acabou. Dois dias depois ele começou a namorar uma vizinha minha, com quem se casou. Só não sei por que ele pediu pra voltar...' Juliana, 23, Olinda, PE

Falso casado
'Eu estava a fim dele e fui à luta. Trocávamos torpedos durante o dia todo e ele pediu que eu o seduzisse. Planejei encontros, comprei lingerie nova e passei a me arrumar de um jeito mais sexy. Aí ele me manda uma mensagem dizendo que nós não poderíamos ficar juntos porque 'a mulher dele' tinha visto as mensagens. Nós trabalhávamos na mesma empresa e eu nunca tinha ouvido que o cara fosse casado, e realmente não era. Na verdade, ele estava ficando com outra garota do trabalho.' Elen, 28, Pavuna, RJ

Diante de outra
'Estávamos juntos havia cinco meses e, em um sábado, ele avisou que não iria a minha casa como de costume. Tudo bem, se eu não descobrisse que haveria uma festa na casa de um amigo dele. Não tive dúvidas e fui sozinha. Ao chegar, eu o encontrei abraçadinho com outra. Ele teve a capacidade de me dizer que não dava mais, que eu fosse feliz, e voltou a abraçar a menina. Não satisfeito, completou: 'fica aí e curte a festa com a gente'.' Patricia, 22, Ponta Grossa, PR

Batida de carro
'Uma semana antes do Dia dos Namorados, combinamos como celebraríamos a data: ele me levaria para jantar e para conhecer os pais dele. No dia 11 de junho, ele sumiu. Só apareceu três dias depois, para dizer que eu era ótima, mas ele não gostava de mim. O pior é que ainda dei o presente. Quando nos despedimos, eu estava tão arrasada que bati o carro.' Kelly, 32, São Paulo, SP

Chá de sumiço
'Eu era casada, e ele tentou me conquistar durante um ano. Começamos a sair e, quando acabei meu casamento, ele sumiu - mesmo trabalhando no mesmo local em que eu. Não respondia a telefonemas nem a emails... Marquei um encontro e ele não foi. Depois, saímos mais duas vezes. Mas precisei viajar e, na volta, soube por uma amiga que ele disse que havíamos terminado.' Gabriella, 26, Salvador, BA

Na pista
'Estava dançando com um cara em uma festa. Ele disse que ia ao banheiro e voltaria, mas na mesma hora foi dançar com outra. Todo mundo viu o fora que eu levei e ficou me olhando. Eu não sabia onde enfiar a cara.' Patricia, 29, Maceió, AL

O OUTRO LADO
'Ele me mandou um caminhão de flores e era lindo, mas tinha um mau hálito horrível. Sumi sem dar explicação. Quando via o carro dele diante do meu portão, me escondia até ele ir embora.' Miriam, 28, São Paulo, SP

Documentário dos Mamonas Assassinas vai dar origem a um filme de ficção

Foto: Divulgação

O cantor Dinho em cena de 'Mamonas, o doc'.

Treze anos depois do trágico acidente de avião que deu fim à curta carreira dos Mamonas Assassinas, a história de uma das bandas mais populares do Brasil deve levar muitos fãs aos cinemas. Pela menos essa é a aposta do diretor Cláudio Kahns - de “Feliz ano velho” (1987) e “A marvada carne” (1985) – que, diante do vasto material pesquisado sobre o quinteto de Guarulhos, decidiu recontar a trajetória do grupo no documentário “Mamonas, o doc”.

O longa, cuja pré-estreia foi neste sábado (4) na cidade natal dos músicos para um público estimado em oito mil pessoas (no dia 11 de julho, o documentário será exibido no festival de Paulínia; ainda não há previsão de estreia no circuito), deve dar origem ainda a um filme de ficção, com lançamento previsto para 2010.

“Os Mamonas Assassinas não eram uma banda artificial, fabricada. Quando percebi que a molecagem e a irreverência dos meninos eram verdadeiras, fiquei surpreso”, comenta o diretor, que passou três anos reunindo depoimentos de amigos e familiares dos músicos, além de imagens de arquivo, a pedido de uma cineasta. “Na hora de organizar o que tínhamos em mãos para começar a escrever o roteiro da ficção, decidimos aproveitar para montar um documentário.”

Segundo Kahns, o costume dos integrantes de registrar uns aos outros em vídeo em diversas situações ajudou na composição do filme, e isso de fato acaba funcionando como um diferencial. Seja tentando fazer um videoclipe na época em que ainda eram chamados de Utopia e vendiam apenas 100 cópias de LPs para os amigos, ou indo para Los Angeles finalizar o álbum de estreia dos Mamonas em 1995, eles conseguiam comprovar que eram mesmo bons de piada.

Em ordem cronológica, o filme mostra como o vocalista Dinho, acompanhado de Bento (guitarra), Julio Rasec (teclados) e os irmãos Samuel (baixo) e Sérgio Reoli (bateria) deixaram para trás a melancolia dos anos 80 de sua antiga e totalmente desconhecida banda para se tornar um fenômeno pop responsável por vender cerca de dois milhões de discos graças a sucessos como “Pelados em Santos”, “Vira-vira” e “Robocop gay”.

Se o material inédito deve satisfazer a curiosidade dos fãs, este é ao mesmo tempo um dos pecados do filme. Em alguns momentos, a baixa qualidade das imagens compromete o resultado. O mesmo acontece com alguns entrevistados, como o produtor Rick Bonadio. Não há dúvida quanto a importância dele para o “estouro” dos Mamonas Assassinas – já que foi um dos responsáveis por ajudar a lapidar a sonoridade "roqueira brega" e a performance escrachada do grupo – mas seus depoimentos podem se tornar cansativos. Os deslizes, porém, não tiram a graça dessa história - que mais se parece com uma revista em quadrinhos do que com a vida real.

Saiba identificar se o seu animal de estimação está sentindo dor

Veterinárias de SP apontam principais mudanças no comportamento.
Câncer e osteoartrose são as doenças que mais causam dor.
Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

Problemas na próstata e no baço do vira-lata Zé assustaram a dona dele. Na foto, o cão enquanto se recupera de cirurgia

Animais de estimação costumam ser comparados a crianças recém-nascidas quando o assunto é expressar a dor, pois os dois a sentem, mas não conseguem comunicar efetivamente o que está acontecendo. No caso das crianças, elas abrem o berreiro. Já nos cães e gatos, os sinais vêm por meio das mudanças de comportamento.

A semelhança e diferença entre animais e crianças foi abordado pela veterinária Karina Yazbek, na 4º edição do Congresso Interdisciplinar de Dor da Universidade de São Paulo (USP). Segundo ela, a lista de sintomas que dão pistas de que o animal de estimação está sofrendo é extensa. “O animal pode ficar apático ou agressivo, dependendo do temperamento dele”, diz.

Segundo a veterinária Elizabeth Estevão, da Faculdade de Ciências de Saúde de São Paulo (Facis), o animal também pode deixar de comer, diminuir a interação com os membros da família, ter mobilidade reduzida e até ficar carente demais.


Além dos sintomas acima, os gatos tendem a buscar isolamento e também costumam reduzir os hábitos de higiene, como se lamber. “Por isso, a aparência suja pode ser sinal de que ele não está bem”, diz Karina, que é certificada pela Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED).

Causas

Se há dor, é porque algo não está bem. Segundo Karina, as principais doenças que causam dor nos pets são câncer e osteoartrose, mal que provoca a degeneração das articulações. “Essas doenças estão muito ligadas à maior expectativa de vida que os animais domésticos têm hoje em dia”, completa Karina.

A veterinária Elizabeth cita ainda inflamação nos rins, no fígado e até no baço como males que podem causar dor. “Às vezes, alisando o animal, ele pode se contrair ao passar a mão por cima do local onde está doendo”, exemplifica.

Foto: Arte/G1

Quando sente dor de ouvido, por exemplo, é comum o animal passar a pata nas orelhas, diz Elizabeth. Se a dor é provocada por um espinho na pata, o cão ou gato ficará lambendo o local insistentemente.

Foto: Arquivo pessoal

A dona de Zé, Leticia Sallorenzo, passou maus bocados com a doença dele

Já se o dono der de cara com o animal esfregando a cabeça na parede, é porque ela está doendo. De acordo com Elizabeth, o glaucoma costuma dar muita dor no bicho. “Mas as causas das dores na cabeça ou em qualquer órgão do animal podem ser múltiplas”, acrescenta.

Mas os donos devem ficar atentos a outros sintomas e não só se preocuparem com o comportamento do animal. A dona de casa Letícia Sallorenzo percebeu que algo não ia bem com o vira-lata Zé quando viu sangue nas fezes dele. Um exame mais detalhado em uma clínica veterinária constatou que ele tinha um problema na próstata.


Quando se recuperava de uma cirurgia, um exame levantou suspeita sobre outro órgão: o baço. Mais uma vez Zé foi para a faca. Em nenhum dos casos, conta Letícia, Zé deu sinais de que estava sentindo dor.

“Os sinais variam de animal para animal”, diz a veterinária Elizabeth. Por instinto de sobrevivência, o cão ou o gato pode também tentar camuflar a dor, para não demonstrar fraqueza.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Johnny Depp e Jamie Foxx estão cotados para interpretar Michael Jackson no cinema

Nota _Michael

Segundo o site Pop Crunch, Johnny Depp (Inimigos Públicos) e Jamie Foxx (O Solista) estão entre os nomes mais fortes para interpretar Michael Jackson nos cinemas, já que um estúdio cogita a ideia de fazer uma cinebiografia do Rei do Pop, que faleceu no último dia 25. Foxx viveria a fase em que o cantor ainda era negro. Depp entraria para contar a história de Jackson a partir do esbranquiçamento de sua pele, em meados dos anos 80.

"Há muitos projetos e diversos modos para retratar a história de Michael Jackson sendo pensados. Alguns envolvendo o uso de imagens de arquivo de Michael e sua família, assim como de alguns shows. Outros projetos envolvem atores para interpretar o cantor. Isso vai depender da família dele", revelou uma fonte ao site.

Mas, por enquanto, Johnny Depp nega qualquer convite. "Não, não, não, eu nunca pensei em viver Michael Jackson num filme. Acho que se alguém tivesse que desempenhar seu papel no cinema, deveria ter sido o próprio Michael Jackson", explicou o ator.

FOCO HISTÓRICO

CONHEÇA A HISTÓRIA DAS CORÉIAS

Robôs disputam campeonato de futebol na Áustria

RoboCup 2009 reúne equipes na cidade de Graz.
Regras incluem até cartões para robôs 'indisciplinados'.
Foto: Leonhard Foeger/Reuters

Robôs humanoides aguardam início da partida válida pelo campeonato RoboCup 2009, disputado em Graz, na Áustria.

Foto: Leonhard Foeger/Reuters

Juiz aplica cartão amarelo a um robô 'indisciplinado' durante partida da RoboCup 2009.

Foto: Leonhard Foeger/Reuters

Competidores ajustam seus robôs 'boleiros' antes de partida.

Foto: Leonhard Foeger/Reuters

Competição reúne as principais equipes de robótica do mundo. Computadores são usados para programar os robôs e definir esquemas táticos.

Por engano, alunos recebem DVD de cenas de sexo com professora

Disco foi enviado para a casa dos estudantes, em Elk Grove, Califórnia.
Educadora só soube da confusão depois de ligações dos pais dos alunos.
Foto: Reprodução/CBS News

DVD entregue para alunos continha cena de sexo.

Uma professora americana enviou para seus alunos um DVD com memórias das aulas, mas o vídeo incluía uma cena não apropriada para os estudantes.

Entre as imagens dos alunos da Isabelle Jackson Elementary School, em Elk Grove, Califórnia, havia seis segundos de uma gravação na qual a professora aparece fazendo sexo em um sofá.

De acordo com o jornal "Daily News", Crystal Defanti soube que o DVD continha a cena de sexo quando um pai a ligou. Ela entrou em contato com os responsáveis pelas crianças e mandou destruir os DVDs.

Pais ouvidos pela rede de televisão CBS disseram que que a mulher é uma boa professora e que ela cometeu um "erro constrangedor". De acordo com a emissora, o DVD começa com um menu que apresenta vários assuntos ligados à turma. Ao escolher um deles, aparecem cenas das crianças contando histórias e, de repente, a imagem de sexo.

Segundo a CBS, Crystal provavelmente não perderá o emprego.

Automóvel Corsa vira patins na Inglaterra

Modelo 'roller' leva a carroceria do carro nos pés.
Criação faz parte de um evento inspirado nos anos 70.

Foto: Divulgação

Corsa europeu, fabricado pela Vauxall, ganha versão em patins

Patins com formato do Corsa europeu

A Vauxall, montadora inglesa ligada à General Motors, apresentou nesta sexta-feira (3) uma versão de patins do carro Corsa europeu.

A empresa quer usar os patins em um evento promocional em Londres no próximo dia 29, com direito a discoteca e acessórios inspirados nos anos 70.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

BOMBA: Celso Portiolli assume o "Domingo Legal"


Uma mosca que pousou em minha sopa, acaba de me contar que Celso Portiolli será o novo apresentador do "Domingo Legal". E pelo visto, essa mosca estava certa... Olhem o que Dani Beirut postou em seu Twitter:

"DanibeySIM!! CELSO PORTIOLLI acaba de renovar e vai apresentar o DOMINGO LEGAL! Estamos MUITO felizes! Obrigada Celso por fazer parte desta familia"

Hoje Celso Portiolli compareceu à uma reunião no SBT. Lá ele foi informado que assumiria o programa nas tardes de domingo, e "de quebra" teria seu contrato renovado por 2 anos.

É meus amigos, pelo visto a campanha feita, pela internet, foi atendida pela direção do SBT. Agora eu pergunto, vai dar certo?

Empresa lança o celular mais resistente do mundo

Teste de durabilidade incluiu jogar o aparelho do alto de um edifício, deixá-lo na lama e pisoteá-lo com um elefante

 Reprodução
Detalhe do celular S1, com sua construção reforçada, e o teste em que o aparelho foi parar na lama
A montadora Land Rover decidiu se unir à empresa Sonim para criar o celular mais resistente do mundo. Batizado de S1, o aparelho “indestrutível” passou no teste depois de ser atirado do alto de um edifício, ser pisoteado por um elefante e assado em um forno.

A ideia é vender esse equipamento principalmente para operários de construção e pessoas que trabalham em ambientes propensos a acidentes.

Durante o teste de resistência, o celular S1 também foi “atropelado” por um jipe, ficou imerso em lama e aguentou o peso de um elefante.

Apesar da aparência robusta, o celular traz recursos comuns a outros equipamentos do gênero, como câmera de 2.0 megapixel e um toque com volume bem alto, que pode ser ouvido acima do som de máquinas em operação. O fabricante confia tanto na robustez do celular que ele vem com três anos de garantia.

Por enquanto, o S1 está à venda apenas em supermercados da rede Tesco, no Reino Unido. Em plano pré-pago, o valor do celular é de R$ 797.

Pais não revelam sexo de sua criança de dois anos e meio

pop.jpg

Alguns pais decidem não querer saber o sexo da criança durante a gestação. Esperam pela hora do parto para descobrirem se é um menino ou uma menina. Um casal de 24 anos na Suécia levou esta prática além dessa realidade. Eles se recusam a dizer o sexo de sua criança (na foto acima), que já tem dois anos e meio de idade. “Queremos que Pop cresça com maior liberdade e que não seja forçado a um gênero que o/a moldará”, disse a mãe. Pop (um nome fictício para proteção da criança) usa vestidos e também calças masculinas e seu cabelo muda do estilo feminino para o masculino a cada manhã. Apesar de Pop saber as diferenças entre um menino e uma menina, os pais se recusam a adotar pronomes para chamar a criança. A controversa atitude do casal gerou um intenso debate no país.

O jornal sueco que entrevistou os pais, The Local, conversou com a pediatra sueca Anna Nodenström do Instituto Karolinska sobre os efeitos a longo prazo no comportamento da criança. “Afetará a criança, mas é difícil de dizer se fará mal a ela”, diz a pediatra. “Não sei o que os pais querem com isso, mas certamente ela será diferente”, completou. Anna ainda afirmou que quando Pop entrar na escola, se seu gênero ainda for desconhecido, ela chamará muito a atenção dos coleguinhas.

A psicóloga canadense Susan Pinker autora do livro The Sexual Paradox, também entrevistada pelo jornal sueco, disse que será difícil manter incógnito o sexo da criança por muito mais tempo. “As crianças são curiosas sobre suas identidades e tendem a gravitar em torno das de mesmo sexo no começo da infância”.

Pop logo ganhará um irmãozinho ou irmãzinha, porque a mãe está grávida. Ela afirmou que irão revelar o gênero ”quando Pop quiser”.

http://www.svd.se/nyheter/idagsidan/barnunga/artikel_2559041.svd>
Quem lê em sueco pode ver a entrevista com a mãe de Pop
.

E vocês, acreditam que esconder o gênero de uma criança é saudável?

crianca-genero.jpg

Brasileiro cria técnica para transformar bebês vistos no ultrassom em 'bonecos'

Ressonância e tomografia também ajudam a criar modelos de feto em 3D.
O designer Jorge Lopes apresentou projeto em faculdade de Londres.

Um brasileiro criou uma técnica que permite que mães e pais possam não só ver, como também tocar e sentir modelos de tamanho real de seus bebês que ainda nem nasceram.

Veja galeria de imagens com as 'esculturas' de fetos

O designer carioca Jorge Roberto Lopes dos Santos desenvolveu o projeto, que alia exames de ressonância magnética, ultrassonografia e tomografia computadorizada. Depois, as imagens captadas são transformadas em modelos matemáticos e, no último passo, viram modelos 3D com a chamada prototipagem rápida, que é a tecnologia para impressão tridimensional.

Utilizando programas específicos como o 4D View e o Mimics, Lopes dá forma aos modelos 3D de fetos, que são impressos, camada por camada, em resina fotossensível e um composto a base de gesso (veja o vídeo).

Até o momento, já foram estudados no Brasil e no Reino Unido cerca de 50 casos clínicos que geraram modelos específicos em tamanho natural. E muitos deles foram mostrados por Lopes durante a apresentação de seu projeto na Royal College of Art (RCA), em Londres, na última sexta-feira (26).

"São culturas diferentes também em relação à gravidez. Enquanto no Brasil o foco principal é tentar fazer com que mães e pais compreendam alguma malformação de seus bebês, no Reino Unido os modelos são usados para incentivar o apego da mãe em relação ao filho", explica Lopes.

Foto: Divulgação

Modelo de feto de 12 semanas 'gerado' pela tecnologia de prototipagem rápida, ao aliar imagens de ultrassonografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada.

Pesquisador do Ministério da Ciência e Tecnologia e professor do Departamento de Artes e Design da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Jorge Lopes tem como orientadores em Londres Hilary French, diretora da Escola de Arquitetura e Design de Produtos da RCA, Ron Arad, um dos mais famosos designers do mundo e chefe de Design de Produtos na RCA, e Stuart Campbell, chefe de obstetrícia da King's College e pioneiro na utilização do ultrassom na década de 1980.

Antes do Reino Unido, a técnica já vinha sendo testada no consultório do especialista em medicina fetal Heron Werner, no Rio, surpreendendo as futuras mamães. "A reação das pacientes é de grande surpresa, pois estes modelos são muito mais nítidos e reais do que uma simples imagem de ultrassonografia 3D ou imagem da ressonância magnética", compara o médico.

"Imagine o impacto de um protótipo de um feto de uma gestante com deficiência visual. Ela tendo a chance de tocar e sentir as feições de seu filho. Realmente, isto tudo não deixa de ser um grande avanço", comemora Werner.


De múmias a fetos

Trabalhando juntos no Brasil há alguns anos, Lopes, Werner e o pesquisador Ricardo Fontes, do Instituto de Nacional de Tecnologia (INT), colaboraram anteriormente em estudos para o Museu Nacional.

Na ocasião, blocos de pedras e sarcófagos foram digitalizados a partir de exames de tomografia computadorizada, possibilitando a visualização da forma virtual de fósseis e múmias. "Se conseguíamos isto com fósseis e múmias, por que não fetos?", diz Werner, contando como surgiu a mudança de rumo nas pesquisas.

O grande diferencial da técnica criada no Brasil foi conseguir digitalizar as imagens geradas pelos exames de ressonância magnética e ultrassom, uma vez que a tomografia em muitos casos não é recomendada para gestantes, por conter níveis de radiação.

"Hoje conseguimos ter o corpo de um feto a partir da ressonância magnética e as suas outras partes como mãos, pés e face a partir da ultrassonografia, reconstruindo tudo num só modelo. Desta forma, conseguimos imagens superiores às dos exames em separado", explica Werner, coordenador do setor de medicina fetal da Clínica de Diagnóstico por Imagem (CDPI), no Rio.

Como a técnica brasileira já está patenteada e os testes estão em curso, Werner acredita que em breve a prática poderá ser usada em larga escala, ajudando mães, pais e profissionais de saúde. "Acredito que até o final do ano poderemos ampliar o alcance dessa tecnologia", avalia.

Foto: Divulgação

No computador, o designer brasileiro Jorge Lopes trabalha na criação de mais um modelo de feto em tamanho real.

Ela cresceu e apareceu! Acompanhe a transformação de Lindsay Lohan

Atriz completa 23 anos cercada de polêmica e não lembra em nada a ruivinha fofa do início da carreira
Lindsay Lohan começou a carreira aos 3 anos, como a primeira criança ruiva da agência "Ford Models"

Já como atriz, ficou mundialmente conhecida pelas irmãs gêmeas de “Operação Cupido”, da Disney, em 1998. Ela tinha 12 anos na época

LiLo cresceu diante do público e fez filmes ao lado da modelo Tyra Banks e da atriz Jamie Lee
Curtis

LiLo foi internada diversas vezes em clínicas de reabilitação. “É óbvio que minha vida está fora de controle porque eu sou viciada em álcool e drogas”, disse

A atriz foi condenada a três anos em liberdade condicional, a fazer serviço comunitário e pagar multas, além de voltar a frequentar o AA depois de ter sido pega, mais uma vez, dirigindo bêbada e com drogas no carro

Em 2008 a ruiva assumiu sua bissexualidade e começou a namorar a DJ Samantha Ronson. Entre idas e vindas, Lindsay foi vista diversas vezes descontrolada e com com um pó branco suspeito no nariz


A atriz também chama a atenção pela magreza exagerada

Conhecida por gastar mais do que recebe, a atriz ainda e é suspeita de roubo de jóias. Ela adora postar no Twitter sobre tudo o que faz e pensa

Conheça a usina que enriquece urânio em Resende

Novas usinas, biombos, segurança máxima, o submarino, a espionagem industrial, uma briga internacional: Galileu visitou as instalações de enriquecimento de urânio em Resende, RJ, para traçar o tortuoso caminho que pode levar o País a ser uma potência atômica

UNIFORMES: o uso de cor branca é obrigatório entre funcionários e visitantes para facilitar a detecção de resíduos. A exposição prolongada ao urânio enriquecido pode causar queimaduras e até câncer
Numa era abarrotada de imagens digitais, as Indústrias Nucleares do Brasil (INB) lutam pelo direito à invisibilidade. Na entrada das instalações que a estatal possui perto de Resende, cidade a 146 quilômetros do Rio de Janeiro, uma placa afixada no portão principal avisa que lá dentro é proibido o uso de filmadoras, máquinas fotográficas, CDs, gravadores, pendrives, celulares com câmera e laptops. Quem chega à portaria carregando alguns desses itens é convidado a declará-los e entregá-los à segurança. Sacolas, bolsas e até motores de veículos são revistados. Só por garantia.

A explicação para tanta aversão à informação visual fica a 3 quilômetros dali, no edifício de fabricação de combustível. No final de um dos corredores internos, há uma portaria envidraçada, onde se encontra outra placa. Mede 1 por 6 metros, tem fundo amarelo e um texto curto que pode ajudar a definir o futuro energético do País: "Enriquecimento tópico de urânio".

O objetivo do aparato de segurança é garantir que o mundo, ou pelo menos a maior parte dele, continue ignorando o aspecto das ultracentrífugas que operam no local. O equipamento é peça fundamental para a produção de urânio enriquecido, o elemento crítico para o desenvolvimento da energia nuclear e que o Brasil será capaz de produzir em larga escala a partir deste ano.

Funcionário abre filtro durante a etapa de reconversão do urânio, que atualmente é enriquecido no exterior

Depois que o aquecimento global transformou em vilãs as usinas movidas a carvão - responsáveis por gerar a maior parte da eletricidade usada no mundo -, o debate sobre o aumento no uso do poder atômico tem sido travado em diversos pontos do globo. A Índia está construindo quatro novas usinas; a China, cinco. Os EUA voltaram a debater o assunto após mais de 30 anos sem planejar nenhum novo reator.

"Hoje a energia nuclear é vista como uma alternativa para limitar as emissões de CO². Nosso interesse está dentro dessa tendência mundial", diz Drausio Atalla, supervisor da presidência da Eletronuclear, empresa estatal responsável pelas futuras obras de Angra 3 e das quatro novas usinas que o Brasil pretende montar até 2030, ao custo de mais de R$ 20 bilhões.

PARA REDUZIR O RISCO DE CONTATO HUMANO COM ELEMENTOS RADIOATIVOS, 95% DO PROCESSO É AUTOMATIZADO

A ampliação das atividades em Resende é mais um sinal do interesse manifestado pelo governo Lula em revitalizar o programa nuclear brasileiro. Em 2007, o Conselho Nacional de Política Energética, órgão que formula as diretrizes para o setor no País, havia decidido pela conclusão da usina de Angra 3 (que sequer foi iniciada até hoje, apesar de o equipamento necessário ter sido comprado há décadas e de consumir US$ 20 milhões ao ano só com manutenção).

Amostras do minério em diferentes momentos do processo de reconversão: à esquerda, dióxido de urânio. À direita, tricarbonato de amônia e uranila, o TCAU, de cor amarela

Em julho do ano passado, o poder executivo organizou o Comitê de Desenvolvimento do Programa Nuclear Brasileiro, ao qual confiou a missão de estabelecer novas metas para o setor. O trabalho foi entregue apenas 45 dias depois e, se implantado, resultará num salto no uso e na infraestrutura nuclear, desde a etapa de prospecção, processamento e enriquecimento de urânio até a manipulação do lixo radioativo, passando por áreas como defesa nacional.

"A construção de novas usinas vai gerar o crescimento na produção de energia. E, para atender a esse crescimento, é natural que as demais etapas do processo também se desenvolvam", diz Atalla. Mas ele acredita em possibilidades maiores. "Com o aumento no uso da energia nuclear, haverá maior procura pelo urânio enriquecido. Eventualmente, o Brasil pode se tornar até mesmo exportador."

.
A TRAJETÓRIA VERDE-AMARELA: 75 anos de brigas com americanos, viagens secretas, negócios com a Alemanha e sigilo industrial
1934>>> USP realiza os primeiros estudos sobre uso da energia nuclear
1947>>> O Brasil cria a Comissão de Fiscalização de Minerais Estratégicos, para monitorar a exportação aos EUA de areia monazítica, rica em tório. O País propõe que, em troca do minério, os americanos repassem tecnologia nuclear, mas eles se recusam
1951>>> Por sugestão da comissão, é criado o Conselho Nacional de Pesquisas, CNPq, que herda a administração das reservas de urânio e tório. Álvaro Mota é o primeiro presidente
1954>>> Em viagem secreta à Europa, Álvaro Mota negocia com franceses a compra de uma usina de produção de yellow cake, o urânio livre de impurezas. Na Alemanha, adquire três centrífugas por US$ 80 mil. Na véspera de seu retorno, o equipamento é apreendido numa operação orquestrada pelos EUA. O fracasso resulta na exoneração de Álvaro Mota
1956>>> Criação da Comissão Nacional de Energia Nuclear, CNEN. Pesquisas com pequenos reatores, importados dos EUA, começam em sete Estados
1967>>> O Brasil decide construir uma usina atômica em Angra. A empresa americana Westinghouse é escolhida em1972 para tocar a obra. O acordo não prevê transferência de tecnologia, o que gera insatisfação em setores da comunidade nuclear brasileira
1967>>> O Brasil assina o Tratado de Tlateloco, no qual se compromete a não construir armas atômicas. O documento, porém, permite o uso da energia nuclear para fins militares, que será um dos objetivos dos governos durante a ditadura
1971>>> A CNEN cria a Companhia Brasileira de Tecnologia Nuclear para dominar todas as etapas de produção do ciclo do urânio. Inicia conversações secretas com a Alemanha para a transferência de tecnologia de enriquecimento por ultracentrifugação
1975>>> O acordo com a Alemanha prevê a construção de oito reatores e uma usina de combustível nuclear. Na última hora, por pressão internacional, o país trocou a tecnologia de ultracentrifugação pela de enriquecimento por jato, ainda em estado experimental
1977>>> Tentando mudar o perfil do acordo, os EUA ameaçam Brasil e Alemanha com sanções, sem sucesso
1979>>> Em segredo, a Marinha começa a desenvolver um programa nuclear paralelo, sob o comando do almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, para dominar o processo de enriquecimento por centrifugação e construir um submarino atômico
1981>>> A Marinha firma um convênio com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da USP, que será um dos principais centros desenvolvedores de tecnologia do programa paralelo
1982>>> Primeiro experimento de enriquecimento de urânio por centrifugação, realizado pelo Centro Tecnológico da Marinha
1987>>> A fim de preservar o sigilo, só cinco anos após os primeiros experimentos é que o então presidente da República, José Sarney, anuncia em cadeia de rádio e TV que a pesquisa da Marinha mostrou-se bem-sucedida
1988>>> Um decreto-lei torna oficial todo o programa nuclear paralelo, acabando com seu caráter sigiloso
1995-2002>>> Devido ao corte de verbas, a Marinha transfere para as Indústrias Nucleares do Brasil (INB) as centrífugas já concluídas e que formarão a base para a construção da Fábrica de Combustível Nuclear de Resende (FCN)
2004>>> A Agência Internacional de Energia Atômica inicia a negociação para inspecionar as centrífugas de Resende. Em abril, polêmica entre a AIEA e o Brasil chega à imprensa. A inspeção ocorre em novembro, e a agência autoriza o funcionamento da FCN

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Confira as principais audiências da TV Globo de ontem.

'Som & fúria' estreia com 19 pontos

Mais você - 8

Funeral de Michael Jackson - 19 (número consolidado)

Malhação - 20

Paraíso - 28

Caras & bocas - 30

Caminho das Índias - 42

Casseta & Planeta - 27

Som & fúria - 19

Profissão repórter - 15

POSTAGEM DE NÚMERO 2.000: PARABÉNS AO BLOG PENÚLTIMAS PELAS +DE 2.000 POSTAGENS!!! Bolachas cream cracker e de água e sal podem não ser tão saudáveis

Pro Teste avaliou 15 marcas desses produtos e identificou em três delas presença de gorduras trans ou excesso de sal

Reprodução / Pro Teste

"Gosto quando a mãe do meu amigo me oferece uma bolacha de água e sal. (...) É uma coisa natural. É barato e não faz mal". Mas ao contrário do que diz a música de Paulo Tatit e Sandra Peres, do Palavra Cantada, a marca pode sim fazer diferença. Pelo menos é o que indica análise feita pela Pro Teste - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor.

Segundo a Associação, três das 15 marcas de bolachas cream cracker e de água e sal avaliadas apresentaram problemas nutricionais: presença de gordura trans ou de sal em excesso nos produtos.

É o caso das bolachas Mabel (nas duas versões), que contêm quantidade significativa de gordura trans: uma porção de 30 gramas, equivalente a seis biscoitos, apresenta mais de 1 grama desse tipo de gordura. O consumo máximo por dia permitido pela OMS - Organização Mundial de Saúde - é de 1% do total de calorias diário. Por exemplo, para uma criança com 4 anos, que necessita de 1800 calorias por dia, essa porcentagem equivale a 18 calorias, portanto, 2 gramas de gordura trans.

A bolacha de água e sal da marca Adria e as duas versões da Tostines tiveram problemas quanto à presença de sal em excesso. Segundo a Pro Teste, uma porção de cada produto ultrapassa em 10% o consumo de sal recomendado pela OMS para um adulto num dia inteiro, que é de até seis gramas de sal por dia (ou uma colher de sopa rasa).

Embora a maioria das marcas tenha se saído bem no teste, os resultados da Pro Teste indicam que as bolachas de água e sal e cream cracker podem não ser tão saudáveis quanto se imagina. Por isso, a Associação recomenda que sejam consumidas de forma moderada.

No caso das crianças, é preciso ficar atento ao consumo de gorduras e de sal em excesso, pois está associado a problemas como hipertensão e doenças do coração, que cada vez mais atingem os pequenos.

Posição das empresas

A Nestlé (responsável pela Tostines) informou, por meio de sua assessoria, que vem reduzindo mundialmente o teor de sal de seu portfólio, incluindo os biscoitos, e que a empresa já conta com produtos em seu portfólio aprovados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, devido à sua adequação nutricional.

A Adria Alimentos informou ter tomado conhecimento do relatório apresentado pela Pro Teste e afirma seguir o padrão praticado pelo segmento no mercado quanto à quantidade de sal. A empresa diz também buscar junto aos seus fornecedores opções para eliminar as gorduras trans dos produtos, o que já vem acontecendo em algumas linhas.

De acordo com a assessoria da Mabel, a empresa aguarda a íntegra da análise para avaliar os resultados e, então, dar um parecer aos consumidores.

MAIS UM PROJETO DE VINHETA DO BLOG PENÚLTIMAS

video

álcool ou gasolina? Calcule qual combustível é mais vantajoso

Pesquisa indica que gasolina vale a pena em apenas nove estados.
Para se sobressair, preço do álcool precisa ser, em média, 30% menor.

Uma pesquisa divulgada em 14 de janeiro mostra que abastecer com álcool é vantajoso em 18 estados brasileiros , enquanto a gasolina vale a pena em apenas nove. Como a autonomia do veículo com álcool é, em média 30% menor, para ser vantajosa a sua utilização, o preço do litro também precisa ser 30% menor. Faça o cálculo e confira:

Grupo propõe a volta do estágio de jornalismo

Comissão analisa as mudanças nas diretrizes curriculares do curso.
Proposta é aumentar carga horária para 3.200 horas-aula.

Foto: Stock.xchng


Decisão judicial determinou o fim da obrigatoriedade do diploma de jornalismo para exercer a profissão

Apesar do fim da obrigatoriedade do diploma, os candidatos a jornalistas que se interessarem por passar pela faculdade terão que estudar mais. A comissão que analisa as mudanças nas diretrizes curriculares do curso vai propor um aumento da carga horária das atuais 2.700 horas-aula para 3.200 horas-aula.

Além disso, deverá voltar a permissão para a realização de estágio em redações, proibida desde a década de 70. E o curso de Jornalismo pode sair dos departamentos de Comunicação das universidades.

A comissão, que deverá entregar na próxima semana o relatório para o ministro da Educação, Fernando Haddad, pretende encorpar a formação dos jornalistas. Por ter esperado a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que declarou nula a obrigatoriedade do diploma, os especialistas decidiram incentivar a criação de mestrados profissionais em jornalismo.

“Isso permitiria a pessoas (com diploma) em outras áreas ter também a formação de jornalista. A comissão entende que há uma complexidade na área que exige formação específica”, disse o professor Eduardo Meditsch, coordenador do mestrado em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e um dos membros da comissão.

A graduação também deverá ser mais complexa. A ampliação da carga horária será proposta para abranger não só as disciplinas regulares, mas mais 200 horas de estágio e algo mais para ser dedicado a outras atividades, como participação em congressos ou pesquisas.

A própria graduação deverá sofrer alterações. Uma das ideias centrais da comissão é a necessidade de tirar o Jornalismo da área da Comunicação Social, passando a ter diretrizes independentes, mais focadas na área. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

ANEMIA? Chá e café podem diminuir absorção de ferro no organismo, dizem especialistas

Pesquisa foi feita com americanos que fizeram refeição com bebidas.
Efeito, no entanto, não é muito grande e traz poucos riscos reais.
omar chá pode diminuir os níveis de ferro no corpo?

Com seus antioxidantes em abundância e níveis relativamente moderados de cafeína, o chá é uma das bebidas mais saudáveis que existem. No entanto, dizem que beber chá bloqueia a absorção do ferro dos alimentos, podendo causar deficiência do elemento.


Foto: Leif Parsons/NYT

O chá pode ter um efeito sobre os níveis de ferro no organismo

Estudos mostraram que existe um pouco de verdade nessa afirmação. Compostos do chá, chamados de taninos, podem aderir aos minerais e reduzir a capacidade do copo de absorvê-los. Embora isso possa diminuir os níveis de ferro no corpo, estudos também descobriram que os impactos não são tão fortes.
Em um estudo, cientistas examinaram os efeitos da seguinte forma: pediram que participantes comessem uma refeição típica – uma carne, feijão e purê de batata – e depois mediram os níveis de ferro quando a refeição estava acompanhada de diversas bebidas. Quando os participantes comiam a refeição com chá, havia uma redução de 62% na absorção do ferro. Beber café resultava em uma redução de 53%. O suco de laranja aumentava a absorção do elemento em cerca de 85%.

No entanto, há um porém. O café e o chá afetavam somente os níveis de ferro não-hemo, o mesmo encontrado em grãos e vegetais. O ferro hemo, encontrado em carnes, peixes e aves, não foi afetado. Pelo fato de que a maioria dos americanos geralmente ingere mais ferro através da alimentação do que o necessário, uma ou duas xícaras diárias de café ou chá têm pouca probabilidade de causar baixos níveis de ferro no corpo.

Assim, componentes presentes no café e no chá podem afetar a absorção de ferro.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Ao Vivo Globo chega a 20 pontos com transmissão do velório de Michael Jackson

michael-jacks

A transmissão do velório show do astro pop Michael Jackson, na tarde desta terça-feira (7), mobilizou emissoras do mundo todo. No Brasil, por exemplo, os principais canais de tevê aberta mostraram o funeral ao vivo. O evento aconteceu no ginásio Staples Center, em Los Angeles, tendo grandes astros da música cantando canções de Michael, cujo corpo permaneceu dentro de um caixão colocado em frente ao palco. Já a família (pai, mãe, irmãos e filhos do cantor), estavam sentados na primeira fila da imensa platéia sorteada para participar da cerimônia.

Foi uma das maiores audiências mundiais em transmissão simultânea dos últimos tempos.

No Brasil, Globo, Record, Band e RedeTV! mudaram sua programação para a exibição, direto de Los Angeles.

Com relação aos números do Ibope, a Globo saiu disparada na frente. Segundo a prévia* do Ibope na Grande São Paulo, a emissora carioca, que deixou de exibir programas como o Vale a Pena Ver de Novo, marcou média de 18 pontos com pico de 20, com exibição das 14h às 16h31.

Na mesma faixa de horário, a concorrência ficou com os seguintes índices: Record 5,0, Band 2,0 e RedeTV! 0,5. Já o SBT, que optou por manter sua programação normal com filme, ficou empatada com a Record, com 5,0.

Na cerimônia, além dos irmãos, mãe e pai de Michael, estavam os três filhos do astro, A filha Paris, às lágrimas, marcou o momento mais emocionante da cerimônia fúnebre, ao pedir o microfone no palco para dizer que Michael foi o melhor pai do mundo.

E na lista de celebridades que cantaram em homenagem ao artista, que morreu no último 25 de junho, estavam: Brooke Shields, Stevie Wonder, Jennifer Hudson, Queen Latifah e Lionel Richie, entre outros.

* No Ibope consolidado os números podem sofrer uma alteração de até dois pontos para mais ou para menos.

Fãs e astros dão adeus a Michael Jackson em Los Angeles

'O papai foi o melhor pai que eu poderia imaginar', disse a filha Paris.
Cerimônia teve presença de Magic Johnson, Stevie Wonder entre outros.
Astros que participaram da cerimônia de despedida                 de Michael Jackson em Los Angeles (Foto: Agências)

Astros que participaram da cerimônia de despedida de Michael Jackson em Los Angeles

Em sua primeira declaração pública, a filha de Michael Jackson, Paris Michael Katherine Jackson, de 11 anos, foi às lágrimas ao falar sobre o seu pai diante de um público de cerca de 18 mil fãs, amigos, representantes da música pop, estrelas do esporte e líderes religiosos e dos direitos civis que participaram da cerimônia de adeus ao cantor nesta terça-feira (7), em Los Angeles.

"Só queria dizer que, desde que eu nasci, o papai foi o melhor pai que eu poderia imaginar. Só queria dizer que eu te amo tanto", disse a garota, chorando muito e em uma das até agora raras aparições públicas sem o véu que o pai obrigava os filhos a usar. Dividindo o palco com irmãos de Jackson, ela foi abraçada e confortada por Janet Jackson.

"Tento encontrar palavras de conforto. Tento entender por que Deus tirou nosso irmão para voltar depois de uma visita tão curta na Terra", emocionou-se Marlon Jackson, usando uma luva de brilhantes como a que foi imortalizada por Michael. "Quero apenas pedir agora que dê ao irmão gêmeo, Brandon, um abraço por mim", completou Marlon, referindo-se ao irmão morto ainda no parto.

Joe e Katherine Jackson, pais do cantor, foram à cerimônia mas não fizeram declarações ao microfone.

Brooke Shields e o 'Pequeno Príncipe'

Em outro momento emocionante da cerimônia, realizada no ginásio Staples Center, em Los Angeles, a atriz Brooke Shields também chorou quando lembrou do amigo, a quem conheceu há 30 anos e chamou de "Pequeno Príncipe".

"Me lembro de quando nos conhecemos e de tanto tempo que passamos juntos. Sempre que saíamos, tinha uma foto sendo tirada ou alguma manchete que dizia algo como 'um casal esquisito, ou um 'par improvável'. Para nós, era a mais natural e fácil amizade", disse a ex-atriz mirim. "As pessoas se referiam a ele com frequência como o Rei. Mas, para mim, ele lembrava mais o Pequeno Príncipe", completou antes de ler um trecho do livro de Antoine de Saint-Exuperi.

Funeral

Os irmãos de Jackson carregaram o caixão do cantor, parte dourado e coberto por rosas, até o interior da arena esportiva Staples Center. Milhares de pessoas que não conseguiram o ingresso (sorteado pela internet) para o funeral público ficaram do lado de fora, embora o número tenha sido bem menor ao de 250 mil pessoas que foi previsto pela polícia da cidade. Muitos dançaram e cantaram sucessos de Michael Jackson.

Um grupo gospel começou a despedida com o coro de "Nós vamos ver o rei" e um clipe mostrou cenas da carreira e performances, como a de "Ben". Mariah Carey lembrou o sucesso "I'll be there", do período em que o cantor era dos Jackson 5. Jennifer Hudson, Stevie Wonder, John Mayer, além do irmão Jermaine Jackson, também fizeram homenagens musicais ao astro pop. Usher cantou "Gone too soon" (algo como uma "partida muito cedo").

Smokey Robinson, um dos maiores nomes da soul music, leu mensagens da cantora Diana Ross e do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. "Michael foi o maior astro do planeta", disse a cantora e atriz Queen Latifah. Magic Johnson e Kobe Bryant, jogador do Los Angeles Lakers, leram também discursos para lembrar o astro.

Berry Gordy, fundador da lendária Motown, a primeira gravadora de Michael Jackson, deu uma das declarações mais fortes da cerimônia. "Quanto mais eu penso em Michael e falo sobre Michael eu acho que 'rei do pop' não é suficiente. Eu acho que ele foi simplesmente o maior artista que já existiu."

Na manhã desta terça, familiares e amigos próximos de Michael Jackson, estiveram em uma cerimônia íntima no Memorial Park, nas colinas de Hollywood. O cantor morreu no último dia 25 de junho após sofrer uma parada cardíaca e ser levado às pressas para o hospital UCLA Medical Center, em Los Angeles. Ele não estava respirando quando os paramédicos chegaram à sua casa e deu entrada no hospital em estado de coma.

A polícia de Los Angeles fez diversas barreiras para organizar o show de despedida. À agência Reuters um dos fãs que conseguiram ingresso no sorteio via internet comparou a cerimônia à de outros grandes astros da história. "Esta é certamente uma ocasião grandiosa de dimensões iguais, se não maiores, do que a morte de Elvis Presley", afirmou Steve Howard, que veio da cidade de Glendale, na Califórnia.

Segundo o porta-voz do município de Los Angeles, os custos com o esquema de segurança para a homenagem são estimados entre US$ 2 milhões e US$ 4 milhões.

Debbie Rowe, mãe de dois dos filhos de Michael Jackson, e a amiga Elizabeth Taylor, não participaram da despedida. A última declarou que o evento era um "circo".



GM fará rifa de Corvette único

Grand Sport Coupe NCM será oferecido em evento nos EUA
 Divulgação
Chevrolet Corvette Grand Sport NCM 2010 (Foto: Divulgação/GM)

No dia 6 de setembro, a General Motors fará uma rifa exclusivíssima para comemorar os 15 anos do Museu Nacional do Corvette. O prêmio será o Chevrolet Corvette Grand Sport Coupe NCM 2010, modelo especial que teve apenas uma unidade produzida. A singularidade do projeto pode ser percebida logo a primeira vista. O esportivo traz pintura branca especial, faixas vermelhas com preenchimento em preto que vão do capô à traseira, rodas cromadas, saída dupla de escape, máscaras negras nas luzes e espoiler traseiro do ZR1. O interior mantém o clima. Bancos esportivos em dois tons e sistema de áudio de última geração com tela sensível ao toque e GPS.

Quando o acelerador é pisado, a resposta vem do motor V8 6.2 de alumínio que desenvolve 442 cv de potência e 58,63 kgfm de torque. E a resposta é rápida. Ele atinge 100 km/h em quatro segundos. Interessado? Cada número da rifa será vendido a US$ 150 (R$ 300). Seu preço de fábrica é de US$ 55.720 (cerca de R$ 112 mil).

Pioneiro da música portátil, walkman comemora 30 anos

Aparelho da Sony virou sinônimo de tocadores de música.
'Fazíamos o design no papel', lembra o engenheiro Nobutoshi Kihara.
Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP

Lançado em 1º de julho de 1979, o Walkman da Sony vendeu 50 milhõs de unidades na primeira década e foi incluído no dicionário Oxford em 1986.

Há 30 anos era lançado no Japão um portátil que iria revolucionar a maneira de ouvir música.

O Walkman, criado pela Sony, não foi um sucesso imediato. Vendedores achavam que um aparelho que utilizava fitas mas não tinha opção de gravação seria um fracasso.

Mas a invenção deu certo: teve 30 mil unidades vendidas nos primeiros dois meses e em 1986 foi incorporado ao Dicionário de Inglês Oxford como sinônimo de tocador de música portátil.

"Naquela época, nós desenhávamos os produtos no papel", disse Nobutoshi Kihara em uma entrevista em 2006, antes de se aposentar. Ele foi o engenheiro responsável pelo design do primeiro modelo de Walkman.

Hoje o Walkman acumula 385 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. A marca ainda é utilizada pela Sony em seus tocadores portáteis digitais, mas está longe de superar a concorrência do iPod.

O aparelho da Apple atingiu vendas de 100 milhões de unidades em menos de seis anos no mercado, tornando-se o tocador de música com venda mais rápida da história.

Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP

A marca 'walkman' ainda é usada em tocadores portáteis da Sony, que ainda estão longe de superar a concorrência do iPod, da Apple.

Blogs reúnem fotos "do baú"

Algumas das páginas de maior sucesso na rede têm uma ideia simples: reunir fotos de anônimos em situações inusitadas. Conheça os sites do gênero nos Estados Unidos e no Brasil
O blog Happiest People Ever, criado há pouco mais de um mês, foi construído a partir de uma ideia muito simples, quase óbvia: é uma coleção de fotos de gente que não sorriu na hora do flash - daí o título irônico, "as pessoas mais felizes de todos os tempo". A primeira dessas imagens, dois homens encarando a câmera sem esboçar nenhum sorriso, foi postada em 13 de maio, e foi seguida por cliques de adolescentes, velhinhos, crianças, irmãs gêmeas e outras dezenas de fotos de pessoas quase sempre a mesma expressão triste. Não demorou muito para que o blog atraísse atenção e virasse um sucesso na internet, assim como outras páginas semelhantes.

Em abril, já havia feito sucesso o blog Awkward Family Photos que, exatamente como diz o nome, reúne fotos de famílias esquisitas (awkward, em inglês), desde pais e filhos com o mesmo penteado estranho até noivos em cestos e fotos de bailes de formatura - tudo aquilo que devia ter ficado escondido em álbuns de família e, agora, está ao alcance de todos na web. Outro hit foi o Look at this fuck hipster, que posta fotos para fazer piada com pessoas que acreditam estar criando a última moda. O Look at this fuck hipster fez tanto sucesso que vai virar livro, impresso pela St. Martin, umas das maiores editoras dos Estados Unidos, e ganhou até uma versão brasileira, o Você não é hipster, você é cafona, que traz fotos dos moderninhos das baladas brasileiras.

Entre outubro de 2008 e fevereiro de 2009, os piores meses da crise econômica nos EUA, esteve na ativa o blog The Brokers With Hands On Their Faces, que reunia fotos de executivos de Wall Street em desespero, com as mãos no rosto e na cabeça, sem explicações e nem comentários.

A ideia de publicar sequências de fotos de anônimos agregadas sob um tema engraçado e um título que faz referência direta ao conteúdo do site é uma das variações de uma tendência chamada tumbleblog, em que os autores postam muitas fotos, vídeos, links, citações, mas pouco texto próprio - diferente da ideia que se tinha de um blog até pouco tempo atrás. A popularidade desse estilo de publicação cresceu muito depois do surgimento do tumblr, uma ferramenta que facilita a publicação desse conteúdo.


Celebridades

Com propostas similares, o americano Men who look like old lesbians (criando em 2006) e o brasileiro Cearenses Internacionais (criado em março deste ano) postam fotos de pessoas famosas que, segundo avaliação do site, parecem, respectivamente, com lésbicas idosas e cearenses. Hospedados em ferramentas clássicas de blogs, como o blogspot e o wordpress, os dois ainda publicam pequenos comentários ao lado das fotos: no Cearenses, há sempre a cidade do Ceará em que a pessoa poderia ter nascido, e no Man who look..., um mini biografia do fotografado.

Confira algumas fotos desses sites: